Yvan Muller foi, neste sábado, o vencedor da corrida que marcou o arranque do WTCR no Circuito de Vila Real. Contudo, a etapa da FIA ficou também marcada logo na corrida de abertura com um grande acidente que deixou quatro pilotos a precisarem de assistência médica, para além de sete carros destruídos.

Depois do acidente, que aconteceu pelas 16h, a primeira das três corridas deste fim de semana ficou reagendada para as 18h15, que decorreu sem problemas, mas sem muitos pilotos fora da grelha inicial: Huff, Bennani, Norbert Michelisz (Hyundai i30 N), Yann Ehrlacher (Honda Civic Type R) e Thed Björk (Hyundai i30 N), os cinco primeiros, para além de John Filippi (Cupra Leon), Thompson e Gianni Morbidelli (Alfa Romeo Giulietta).

Yvan Muller (Hyundai i30 N) ficou na frente da grelha e partiu para ganhar, deixando Esteban Guerrieri (Honda Civic Type R) no segundo lugar a 2.060s e Pepe Oriola (Cupra Leon) no lugar mais baixo do pódio a 10.596s.

Com este triunfo, Muller arranca o fim de semana a passar para a frente do campeonato. No que respeita à participação dos pilotos lusos, destaque para o vila-realense Edgar Florindo (Cupra), que foi 13º, ao passo que José Rodrigues (Honda) terminou no 18.º lugar.

Resultados: