WTCR em Vila Real: faleceu mecânico da Cyan Racing

Um mecânico de 21 anos, pertencente à equipa chinesa Cyan Racing, do piloto Yann Ehrlacher, que ontem conseguiu o segundo lugar na primeira corrida do WTCR, no 50º Circuito Internacional de Vila Real, faleceu neste sábado por complicações de saúde. O técnico britânico ainda foi assistido no local, mas viria a falecer já no hospital.

Christian Dahl, responsável pela equipa, sobre o sucedido, falou num “valoroso membro da equipa” e que “fará muita falta”.

Também a organização do FIA WTCR emitiu um comunicado esta manhã: “A família WTCR da FIA, juntamente com o promotor local e a cidade de Vila Real, estão profundamente tristes ao saber do falecimento de um técnico da Cyan Racing.”

A FIA adianta que o mecânico adoeceu na garagem da equipa da Cyan Racing, na noite de sábado (6 de julho), e que apesar dos esforços da equipa médica que acompanha a prova, e da ambulância que chegou ao local, o técnico viria a falecer no hospital de Vila Real.

“Todos os nossos pensamentos estão, agora, com a sua família, amigos e membros da equipa”, adiantou a organização. Por este motivo, hoje, o protocolo habitual de pódios será alterado.

Partilhar:

Menu