Vila Real: Área Dedicada à COVID-19 transferida para o Centro de Saúde de Mateus


Com o objetivo de libertar as instalações da Unidade de Saúde Familiar do Corgo, permitindo uma atividade menos condicionada, as instalações da Área Dedicada à COVID-19 foram transferidas, hoje, para o Centro de Saúde de Mateus.

“Esta reorganização tem a ver com a afluência que estamos a vivenciar nas Áreas Dedicadas à COVID-19 atualmente existentes. Felizmente para todos, a afluência permite-nos fazer uma reorganização dos serviços em que podemos dedicar mais tempo àquilo que é o regresso ao funcionamento normal dos centros de saúde, colocando as Áreas Dedicadas em zonas em que não interfiram com o funcionamento das unidades de saúde”, explicou Gabriel Martins, diretor executivo do Agrupamento de Centros de Saúde Douro I – Marão e Douro Norte, acrescentando que, com esta mudança, mais de metade Unidade de Saúde Familiar estava condicionada.

Segundo o diretor executivo, a Unidade de Saúde Familiar do Corgo retomará uma atividade normal, permitindo manter um nível de cuidados adequado, uma vez que “essa unidade de saúde fica com condições físicas para regressar à atividade normal não estando condicionada pela presença da Área Dedicada”.

De recordar que esta área servirá os sete concelhos do Agrupamento de Centros de Saúde I – Marão e Douro Norte e que estará aberta sete dias por semana das 8h00 às 20h00 “enquanto se justificar e enquanto a evolução da pandemia tiver esta expressão”. “Este centro vai-se manter enquanto as normas da Direção-Geral da Saúde assim o exigirem. Enquanto houver uma norma que defende que tenhamos de ter uma área dedicada ao acompanhamento da COVID-19, nós manteremos esta área permanentemente ativada”, concluiu Gabriel Martins.

Partilhar:

Menu