Vendas online garantem sucesso da 23ª edição da Feira Gastronómica do Porco

Um mês após a realização da 23ª edição da Feira Gastronómica do Porco, que este ano devido ao surto pandémico de Covid-19 decorreu apenas em formato online, através da plataforma digital BoticasTem (www.boticastem.pt), uma solução encontrada pelo Município de Boticas juntamente com a Mais Boticas – Associação Empresarial Botiquense, para ajudar os produtores de fumeiro a escoarem a produção destinada para o certame, foram contabilizadas perto de um milhar de encomendas de fumeiro, enchidos e outros produtos locais.

Este volume de vendas gerou mais de 50 mil euros, um montante bastante significativo, tendo em conta que muitas famílias do Concelho se dedicam ao fabrico artesanal de fumeiro e que puderam, desta forma, ter algum retorno financeiro de um ano de trabalho difícil.

Ultrapassadas as incertezas iniciais quanto ao novo modelo de vendas, veio a constatar-se que esta foi uma aposta de sucesso, uma vez que a maioria dos produtores tiveram de repetir a produção de enchidos, nomeadamente alheiras e chouriças de carne, para fazer face ao elevado número de solicitações dos consumidores.

O Presidente da Câmara de Boticas, Fernando Queiroga, manifestou o seu contentamento pelo êxito da iniciativa, referindo que “é compensador constatar que as vendas através da plataforma digital superaram as expetativas iniciais e que os nossos produtores conseguiram escoar o produto que tinham preparado para o certame, havendo ainda a necessidade de reporem os stocks para responderem aos pedidos dos clientes”.

O autarca acrescentou ainda que “atendendo ao momento difícil que atravessamos, esta foi a solução encontrada para darmos continuidade à Feira Gastronómica do Porco, um dos mais importantes eventos realizados da região, e ajudarmos os nossos produtores a terem alguma rentabilidade da sua atividade e não saírem prejudicados com esta situação, tendo o Município e a Mais Boticas assumido todos os encargos inerentes aos processos de venda, expedição e transação das encomendas”.

À data continuam a registar-se, em média, dez encomendas diárias, mantendo-se apenas na plataforma os produtores que ainda têm stock, sendo que, dentro em breve, o fumeiro e os enchidos deixarão de estar disponíveis para venda por serem produzidos apenas no inverno.

No entanto, o site BoticasTem vai manter-se em funcionamento, disponibilizando outro tipo de produtos endógenos, como mel, doces e compotas, licores, e incluir novos artigos, nomeadamente de vestuário e calçado, de higiene e segurança, de floricultura, entre outros.

“Pretendemos que a plataforma seja dinâmica, interativa e que tenha atividade regular ao longo de todo ano para, por um lado, satisfazer as necessidades dos compradores e, por outro, contribuir para a dinamização da economia local, sendo este mais um canal de escoamento de produtos”, afirmou o Presidente da Mais Boticas, Paulo Aleixo.

Menu