Tiago Monteiro: “é difícil descrever o que sinto”

Visivelmente emocionado, Tiago Monteiro agradeceu todo o apoio, depois de vencer a derradeira corrida no WTCR em Vila Real. “É difícil descrever o que sinto neste momento. É incrível ganhar aqui. Não imaginam o esforço que foi para vencer, depois de tudo o que passei. Por isso é que isto é um campeonato do mundo. Temos que ser os melhores, ter muita coragem”.

O piloto português confessou que, nas últimas duas voltas, foi difícil manter a concentração. “Foi difícil concentrar-me nas duas últimas voltas, devido à emoção. Ouvir as pessoas gritar por mim, ver as bandeiras no ar, foi muito difícil… Acima de tudo foi muito difícil ganhar, no meio destes grandes campeões. O pódio já seria excelente para mim. Mas alguém estava a olhar para mim lá em cima”, continuou.

Tiago Monteiro falou ainda do período de afastamento por lesão, depois do gravíssimo acidente de setembro de 2017, em Barcelona, que atirou o piloto para uma longa e difícil recuperação: “Os últimos dois anos foram os mais difíceis da minha vida. A minha recuperação foi muito difícil. Não sabia se poderia regressar ou em que condições poderia regressar. Felizmente, estou aqui e consegui vencer hoje”.

O piloto português conquistou o pódio, à frente do pentacampeão Yvan Muller e Yann Ehrlacher.

Partilhar:

Menu