Rui Santos: “cancelar as corridas de Vila Real foi uma decisão difícil, mas inevitável”


O presidente da Câmara de Vila Real emitiu um comunicado, em vídeo, através das redes sociais do município, em que lamenta o cancelamento das provas de WTCR da FIA em Vila Real, que estavam agendadas para o próximo mês de junho.

Rui Santos explicou que, devido à pandemia de COVID-19, todas as festas e eventos agendados para o verão, incluindo as Corridas de Vila Real, foram canceladas. “Todos eventos públicos, como as Festas da Cidade, o Santo António, São João e São Pedro, o Rock Nordeste, o Festival de Arte na Rua, os espetáculos do Teatro de Vila Real, os concertos de verão, entre muitos outros, que implicassem a concentração e movimentação de pessoas, foram infelizmente cancelados”, disse.

O autarca reconheceu que o maior momento do ano era, sem dúvida, o Circuito Internacional de Vila Real. “Infelizmente, neste ano, não haverá corridas. Foi uma decisão muito difícil, mas inevitável”, continuou.

Rui Santos adiantou que as Corridas de Vila Real, desde que passaram a receber provas internacionais da FIA, em 2015, são uma marca mundial que não pretende abdicar, e, por isso, assegura que no próximo ano, aquando do 90º aniversário de competições automóveis em Vila Real, haverá provas. “Se a evolução desta pandemia for a que desejamos, no próximo ano teremos as nossas corridas, com campeonatos nacionais e internacionais”, prometeu.

José Silva, presidente da Associação Promotora do Circuito Internacional de Vila Real, referiu, no mesmo comunicado, que “a pandemia não acabou com as corridas”. “Em 2021 e nos anos que se seguirem, voltaremos a ter as Corridas em Vila Real. Aquilo que estamos a preparar para o próximo ano será memorável, o melhor de todos os eventos”, enalteceu, por fim.

Menu