Rui Santos alvo de ameaças de morte

Na passada sexta-feira, dia 17 de janeiro, o presidente da Câmara Municipal de Vila Real, Rui Santos, apresentou queixa contra António Fernando Lagoa, devido a ameaças de morte publicadas a 6 e 7 de janeiro, na página Facebook do participado. 

Nessas publicações, registadas e divulgadas aos órgãos de comunicação pela Câmara Municipal de Vila Real, António Lagoa, após o início da intervenção na Avenida Carvalho Araújo, no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU), ameaça Rui Santos de lhe cortar um dedo por cada árvore abatida, utilizando calão para se referir ao autarca e chegando ao ponto de proferir ameaças de estupro. “Olá rapaz, para de pensar porque a vida não volta. Cada árvore cada dedo. Pena só teres 20… Estou aqui com umas pessoas… Vais ter comigo ou vais fugir… até estes operacionais se estão a rir. Não te podes esconder (…)”, escreveu o participado numa das publicações.

Face a estas ameaças “inacreditáveis”, Rui Santos tomou as medidas necessárias, fazendo queixa do cidadão vila-realense. “Estas afirmações escritas configuram crimes de injúrias e ameaças, já que o que está escrito ofende claramente a honra. Desconheço por completo o queixoso (…), mas temo obviamente pela minha segurança”, explicou o presidente, acrescentando que estas ameaças prejudicam tanto a sua segurança, como as pessoas que lhe são mais próximas, visto que os seus filhos têm acesso a essas publicações. 

Notícia completa na edição nº699, já nas bancas.

CR

Menu