Rui Santos está à espera do Turismo de Portugal para renovar WTCR

O presidente da Câmara de Vila Real, Rui Santos, está à espera de uma resposta do Turismo de Portugal para que se possa assegurar a continuidade do WTCR. O autarca garantiu, à Lusa, que há uma proposta em cima da mesa para renovação do acordo com a Eurosport Events, mas que está pendente do Turismo de Portugal.

Rui Santos adiantou que, por exemplo, o Rali de Portugal, obteve um financiamento do Turismo de Portugal de 500 mil euros e ainda 100 mil euros adicionais provenientes do Turismo Porto e Norte de Portugal.

O presidente da autarquia classifica como “inaceitável” a falta de resposta da entidade de turismo, que tem por obrigação apoiar iniciativas que alavancam os territórios de menor densidade populacional, numa altura em que termina o acordo de dois anos para a realização do WTCR em Vila Real.

O presidente do Turismo Porto e Norte de Portugal, Luís Pedro Martins, que esteve na apresentação da 50ª edição do circuito citadino, defendeu que “é necessário atrair mais turistas para o Douro”, uma vez que apenas uma pequena percentagem dos 4 milhões de turistas que visitam o Porto, se deslocam a este território.

O impacto estimado do WTCR em Vila Real, segundo a mesma fonte, calculado por duas consultoras, é de cerca de 80 milhões de euros.

Menu