Quatro emigrantes detidos por desrespeito do isolamento profilático em Chaves


Quatro emigrantes de Ribeira de Pena, com idades entre os 19 e 46 anos, vindos de Luxemburgo, foram detidos hoje pela Polícia de Segurança Pública (PSP) de Chaves após terem desobedecido e desrespeitado o isolamento profilático obrigatório de 14 dias.

Segundo o comandante da divisão de Chaves, Luís Alves, os emigrantes entraram no território português dia 22 de março e foram notificados pela Guarda Nacional Republicana (GNR), presente na fronteira de Vila Verde da Raia, a permanecer em isolamento profilático durante os 14 dias determinados por lei.

Os emigrantes foram hoje detidos em Chaves, no distrito de Vila Real, depois de terem desobedecido à quarentena que lhes foi imposta na entrada em Portugal.

Segundo o Diário Atual, os detidos “vão ser notificados e presentes na quinta-feira no Tribunal Judicial de Chaves”, para conhecerem as medidas de coação aplicadas.

Menu