A Proteção Civil Municipal de Vila Pouca de Aguiar participou em 626 ocorrências nos últimos doze meses, mais 130 que no ano de 2016 (496 situações ocorridas).

Incêndios florestais, queda de muros, gelo, queda de árvores, incêndios urbanos, inundações de residências, acidentes de viação e outras ocorrências foram sendo resolvidas, direta ou indiretamente, pela Proteção Civil Municipal.

Com uma equipa entre dois a três elementos, a Proteção Civil Municipal efetuou atividade em todas as freguesias do concelho, tendo efetuado milhares de quilómetros com a viatura afeta ao serviço municipal.

Na região, um dos maiores problemas prende-se com as condições climatéricas adversas no inverno. As geadas duras e o gelo obrigam a trabalho redobrado de espelhamento de sal e sal-gema.

A atividade da Proteção Civil vai ao encontro de todos os cidadãos, entidades públicas e privadas, com a finalidade de prevenir riscos, acidentes e catástrofes e que tem por missão o socorro de pessoas e defesa dos seus bens, servindo todos os cidadãos com lealdade e isenção.

Deixe o seu Comentário

Comentário