Foi apresentada em Chaves a Operação “PREVENIR JÁ” que contou com uma ação de demonstração de meios e que mobilizará para o terreno equipas operacionais durante cinco dias úteis, no período de 1 a 7 de março.

Trata-se de uma ação no terreno, com a participação da Guarda Nacional Republicana, o Instituto de Conservação da Natureza e Florestas, a Polícia de Segurança Pública, as corporações de Bombeiros locais, a Associação Florestal e Ambiental do concelho de Chaves e o Município.

A mobilização dos diferentes agentes de defesa da floresta contra incêndios, para as 39 freguesias do concelho, consiste na validação de trabalhos de limpeza e no esclarecimento dos proprietários sobre as medidas a levar a efeito, de forma a evitar posteriores contraordenações ou execuções coercivas.

Estiveram presentes para esclarecimentos técnicos e operacionais o Comandante do Destacamento Territorial de Chaves da Guarda Nacional Republicana, Bruno Antunes, o Coordenador de Prevenção Estrutural do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas do Distrito de Vila Real, Eduardo Carvalho e o 2.º Comandante da Autoridade Nacional de Proteção Civil do Distrito de Vila Real, Borges Machado.

Para o autarca, Nuno Vaz, “este assunto deve ser tratado como um desígnio nacional e por isso é importante que todas as entidades públicas e privadas colaborem para que a tragédia do ano passado nunca mais se volte a repetir.”

Os interessados poderão obter mais informações junto dos serviços da autarquia e nas respetivas Juntas de Freguesia.