Município de Montalegre pretende criar rede da Diáspora Barrosã


O Gabinete de Apoio ao Emigrante (GAE) de Montalegre pretende estabelecer uma rede da Diáspora Barrosã. Esta iniciativa insere-se numa estratégia a médio e longo prazo de atração de investimento e desenvolvimento económico locais, da qual se destacam o “Encontro do Emigrante Barrosão”, adiado para 2021, e o “Encontro de Investidores da Diáspora” previsto para 2022. Com estas medidas, o executivo municipal, para além de dar seguimento ao estabelecido na lei, relativamente à transferência de competências para as autarquias locais, vai mais longe, ao partilhar os desígnios do Programa Nacional de Apoio ao Investimento da Diáspora, em colaboração com o Gabinete de Apoio ao Investidor da Diáspora, para trabalhar no sentido de atrair investimento e/ou internacionalizar bens e serviços produzidos em Montalegre.

O estabelecimento de uma extensa rede formada por barrosões, espalhados pelo Mundo, constitui a base de um projeto com vista ao aprofundamento de laços identitários e desenvolvimento de relações económicas que reforcem o progresso do concelho de Montalegre e a melhoria das condições de vida e empregabilidade da extensa comunidade barrosã, esteja esta, em Portugal, ou espelhada por todo o Mundo. Para apoiar esta conetividade contaremos com a Rede de Apoio ao Investidor da Diáspora, que ligará as diferentes áreas de governação.

Menu