Mulheres de comunidades rurais da Índia retratadas em exposição fotográfica

A praça do município de Vila Real recebeu, esta segunda-feira, a exposição de fotografia “Terra de Sonhos” da fotografa Cristina García Rodero. Esta exposição, organizada pela fundação “La Caixa”, em colaboração com o BPI, a Fundação Vicente Ferrer e a Câmara Municipal, retrata a singularidade e assimetria do mundo rural da Índia, ao mesmo tempo que dá voz às mulheres das comunidades rurais de Anantapur, destacando o seu poder na transformação das suas comunidades. “Esta exposição é composta por 40 fotografias e com ela procuramos dar a conhecer o trabalho da fundação Vicente Ferrer, que completou 50 anos e que tem vindo a dotar as comunidades mais desfavorecidas de poços de água. As fotografias retratam a situação difícil que vivem algumas mulheres na Índia, que são expulsas de casa e privadas de herança, sendo obrigadas a mendigar ou a cantar nos templos para sobreviver”, declarou a fotógrafa Cristina Rodero, acrescentando que, embora não tenha boa memória, recordará os seus modelos para sempre, pois lhe causaram um grande impacto.

Rui Santos, presidente da Câmara Municipal de Vila Real, que assistiu a inauguração da exposição e às explicações que a fotografa deu ao longo da cerimónia, defendeu que, para Vila Real, “é muito relevante acolher uma exposição com estas características, com esta qualidade e com esta importância”, uma vez que transmitem uma visão diferente do mundo. “A globalização chega aos quatro cantos do mundo, mas há particularidades que são próprias de cada povo e, neste lado do globo, há uma população com uma forma de ver a vida própria e particular. Esta exposição capta um pouco desse espírito, desse olhar, ao mesmo tempo que traz uma realidade inequívoca. Nós europeu, nós portugueses, fazemos parte da população do mundo que melhor vive e, ás vezes, esquecemo-nos desse facto e, olhando para algumas imagens que estão aqui, percebemos que o mundo não é todo igual”, declarou o autarca, acrescentando que este tipo de iniciativas tem vindo a reconhecer o “excelente trabalho que a Câmara Municipal de Vila Real tem desenvolvido para afirmar Vila Real como um polo de cultura”. 

CR

Menu