Dia 19 de Maio fica marcado na história vila-realense como a data em que se honrou uma das mais notáveis figuras da cultura trasmontana das últimas décadas. Por iniciativa de um ex-seminarista, Valentim Fernandes dos Santos,natural de Salto, Montalegre, fazendo parte dos órgãos sociais da Associação dos Antigos Alunos do Seminário de Vila Real, com o valioso contributo da Câmara de Vila Real, que desde a primeira hora deu o seu aval a esta iniciativa, foi inaugurado um busto a Mons. Ângelo do Carmo Minhava, na Nª Sª da Conceição, pelo escultor Bruno Marques. Assim se fez justiça ao musicólogo que deu alegria aos concelhos do distrito de Vila Real com as suas marchas, ao «dramaturgo» que fez rir quem assistiu às suas peças de comédia de costumes, ao filólogo que das letras fez também uma vocação, ao sacerdote por todos estimado, ao homem humilde no ser e sábio no dizer.