Há um caso positivo entre os testes ao pessoal docente e não docente em Vila Real

O Município de Vila Real iniciou, a dia 13 de maio, a realização de testes de despistagem à Covid-19, a 163 funcionários e professores das escolas que vão reiniciar as aulas presenciais no próximo dia 18 de maio. Estes testes foram concluídos em dois dias e os resultados serão conhecidos em 24/48 horas.

Sabe-se, entretanto, que do conjunto de testes efetuados, foi hoje sabido que um deles teve resultado positivo. A pessoa em questão já está informada deste resultado e não irá apresentar-se ao trabalho na segunda-feira.

De referir que apesar de não ter sido considerada prioritária a testagem destes profissionais ao nível nacional, o Município de Vila Real decidiu avançar nas escolas do concelho com este tipo de testes. A autarquia informou, sobre o caso, que se “evitou um eventual foco de propagação da doença”.

Esta iniciativa da autarquia, que foi implementada em estreita articulação com o ACES Douro I – Marão e Douro Norte, visa garantir a segurança de funcionários e professores, bem como dos alunos que, depois de um período de confinamento com aulas à distância, regressam às escolas com normas de funcionamento adaptadas a esta nova “normalidade”.

Recorde-se que, para o Governo e para a Direção Geral da Saúde esta medida não foi considerada como prioritária pelo que o Município, à semelhança daquilo que fez com os utentes e funcionários das respostas sociais do concelho, decidiu avançar com a realização dos testes com vista a garantir alguma confiança neste regresso parcial às aulas presenciais.

No concelho de Vila Real serão retomadas as aulas presenciais para os alunos do 11º e 12º anos, das Escolas Secundárias Camilo Castelo Branco e S. Pedro e Agrupamento de Escolas Morgado Mateus.

Partilhar:

Menu