Festa dos Povos em Aqvae Flaviae atraiu mais de 60 mil visitantes

Chaves regressou ao Império de Tito Flávio Vespasiano na sétima edição do Mercado Galaico-Romano, um evento que contou com centenas de figurantes.

Foram três dias de muita animação e folia entre os Povos de Aqvae Flaviae, numa festa com história, repleta de saberes, sabores, cor, música e magia. Foi assim no fim-se-semana passado em Chaves, onde os romanos e os povos galaicos regressaram para recriar o ambiente histórico da cidade, atraindo mais de 60 mil visitantes oriundos de vários pontos do país e do estrangeiro, em especial da vizinha Galiza.

Com o objetivo de promover a cidade, o seu património e gastronomia a “Festa dos Povos” incluiu um programa cultural diversificado e temático, com recriações históricas, sendo o mercado galaico-romano palco principal para saberes ancestrais, simulações bélicas, recriações mitológicas, interpretações musicais, bailados, circus maximus e cortejos, envolvendo 118 expositores (artesãos, artífices e mercadores) e centenas de figurantes.

Pelas alamedas do Tabolado e de Trajano passaram legionários, gladiadores, senadores, mendigos, escravos, falcoeiros e divindades, num regresso ao império galaico-romano onde os visitantes puderam reviver e percorrer o Panteão dos Deuses, o Senado, o Acampamento da Guarda de Honra do Imperador Tito Flávio Vespasiano ou o Circus Maximus.

Para o Presidente da Câmara, Nuno Vaz, “este evento cultural é, sobretudo, um ponto de encontros, de festa, de convívio, de lazer, que permite a turistas, emigrantes e flavienses conhecer melhor a história local numa recreação das vivências das sociedades galaicas e romanas”.

O evento foi organizado pelo Município de Chaves e EHATB – Empreendimentos Hidroelétricos do Alto Tâmega e Barroso.

×

Partilhar:

Menu