Educação artística no Museu do Douro: trabalhar com as realidades atuais

 Nos dias 14 e 15 de maio, o Museu do Douro vai receber o IMMER #2, um encontro internacional de educadores, investigadores, estudantes e profissionais dos campos da educação e da prática artística.O IMMER – International Meeting on Museum Education & Research – vai já na segunda edição e, este ano, a partir do Douro, aborda três focos de discussão: apresentação de processos de trabalho com comunidades e relação com ativismo social; modos de participação e envolvimento dos públicos de modo mais democrático e amplo; processos de  trabalho  que cruzam a educação, a programação e prática artística. 

No Museu do Douro, Peso da Régua, estarão durante dois dias consecutivos vários educadores e investigadores centrados em práticas mais democráticas da educação, das artes e da cultura. O objetivo é discutir e descobrir diferentes maneiras de pensar a educação artística integrada nas dinâmicas sociopolíticas atuais.    

O programa abre a 14 de manhã com Carmen Mörsch (Alemanha) e dia 15 remata com Álvaro Domingues (Portugal), além de contemplar também oficinas de pesquisa de Javier Rodrigo (Barcelona) e Alejandro Cevallos (Equador).  

O IMMER#2 resulta de uma parceria entre o Museu do Douro e o Instituto de Arte, Design e Sociedade da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. 

Partilhar:

Menu