Dust – na vanguarda da criação de software à medida

A Dust, empresa de software, nasceu em 2016 e, desde então, tem-se dedicado à consultoria e à criação de software à medida, procurando sempre responder às necessidades dos seus clientes com “tecnologias de ponta”. “Geralmente, o cliente contacta-nos e apresenta-nos as suas necessidades. De seguida, deslocamo-nos à empresa, fazemos um estudo que nos permite identificar quais são as suas necessidades e, por fim, fazemos um software”, explicou André Alberto, o responsável.

Com os seus quatro colaboradores, a Dust realiza softwares para web, no âmbito das ferramentas administrativas, nomeadamente na área da administração de uma empresa. “Fazemos software de gestão hoteleira, do inicio ao fim, desde da reserva a armazéns, fazemos software para seguradoras, software de Business Intelligence para grandes bancos, para tudo o que precise de muitos dados, fazemos aplicações para o utilizador final”, enumerou o representante.

Aquando da constituição da empresa, o gerente percebeu que não precisava da visibilidade de uma loja da cidade e sim de boas condições de trabalho. Facilidades que encontrou no Regia-Douro Park. “Enquanto empresa de software, não precisamos de uma imagem e o Regia tem as condições necessárias. De facto, a nível físico e a nível de administração, ajuda-nos no que precisamos e, para uma star-up, é bastante bom”, explicou, acrescentando o networking como “mais-valia”, pois já lhe permitiu realizar vários projetos. “ Conseguimos ‘apanhar’ um ou dois projetos por estarmos sediados no Regia-Douro Park”, acrescentou André Alberto.

Três anos a “fornecer as melhores soluções”

Três anos após a sua instalação neste parque da ciência e tecnologia, a Dust foi crescendo: “Ao longo de três anos, conseguimos estar a trabalhar na América do Sul e na Europa. Temos apanhado algumas empresas aqui da zona e, mesmo se no inicio não conseguimos fazer determinadas tarefas, crescemos e já conseguimos atacar empresas maiores, projetos maiores que dão mais rentabilidade”, acrescentou André Alberto.

No que diz respeito ao futuro, a Dust pretende continuar a desenvolver-se e, nos próximos meses, espera manter os seus níveis de negócio e ultrapassar as dificuldades que a Covid-19 provocou.

Atualmente, esta empresa está a dedicar-se a um projeto relativo a redes hoteleiras. No entanto, o seu encerramento foi um grande contratempo. “Com a pandemia, essa vertente ficou um pouco parada, tal como os hotéis. Por consequência, estamos a enfrentar estes meses um pouco complicados, mas de resto, a quantidade de trabalho aumentou”, salientou André Alberto, referindo que continuarão a trabalhar para alcançar os seus objetivos e fornecer as melhores soluções aos seus clientes.

Bilhete de identidade: 

DUST

Telefone: geral@dust.pt

E-mail: dust.pt

Site: 935447533

Menu