Douro Creative Hub leva criatividade ao Mercado Municipal de Vila Real

Vila Real

“Mostrar o que a região tem em termos criativos”, é com este mote que o projeto Douro Creative Hub celebrará a criatividade regional através de um mercado, com entrada gratuita, a realizar nos dias 29, 30 e 31 de março, no Teatro e no Mercado Municipal de Vila Real.

Esta iniciativa, segundo Artur Cristóvão, Vice-Reitor da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, “é o culminar deste projeto e do trabalho que tem sido feito” e tem como objetivo estabelecer um contacto entre a população e os criativos da região através de uma montra onde estes “se possam mostrar”, acrescentou João Calejo, gestor do projeto Douro Creative Hub.

A abertura deste Mercado Criativo terá início no dia 29 de março, no Teatro de Vila Real, com a estreia de “Lago dos Caretos”, um dos projetos vencedores do Prémio Douro Criativo que consiste num cruzamento multidisciplinar entre a música, o teatro e a dança.

Nos dias seguintes, 30 e 31, esta atividade passará para o Mercado Municipal, onde estarão disponíveis 30 expositores nos quais os criativos do Douro poderão expor, apresentar e vender os seus produtos e serviços ao público.

Para além disso, haverá workshops, apresentações de empresas/projetos nacionais e regionais, um show-cooking com um produtor regional e um chefe de âmbito nacional e internacional, música, teatro, animação ambulante e, como a gastronomia também faz parte desta economia criativa, 5 expositores serão dedicados à zona da alimentação. Para os pais que estejam interessados em participar, Mercado Criativo terá um espaço Kid’s no qual as crianças poderão participar em atividades culturais e criativas.

O momento especial desta iniciativa será a apresentação e distribuição do Portefólio dos Criativos do Douro que reúne grande parte dos criativos dos 19 municípios do Douroe é o resultado da recolhade agentes criativos a trabalhar nos municípios da NUTSIII Douro.

Terminadas estas atividades, o Mercado Criativo irá ao encontro das escolas do 1º Ciclo dos Municípios da região do Douro, para “criar a semente e a apetência das crianças”, despertando as suas consciências para a criatividade, através de várias experiências e ateliers.

Cláudia Richard

Menu