Detidos por incêndios florestais em Chaves e Valpaços

Região

A Polícia Judiciária, através da Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real, procedeu à identificação e detenção de um homem, suspeito de ter ateado dois focos de incêndio em área florestal, sita em Mosteiró de Cima – Valpaços.

O incêndio, ocorrido no dia 26 de Fevereiro de 2019, cerca da 22H08, consumiu área florestal, constituída, maioritariamente, por mato.

Os focos de incêndio colocaram em perigo manchas florestais envolventes, constituídas por mato, povoamento de carvalho e área agrícola, de valor consideravelmente elevado, que apenas não foram consumidas devido à rápida intervenção de três corporações de bombeiros.

O detido, com 55 anos de idade e diretor de escola agrícola, foi presente a interrogatório judicial, tendo ficado sujeito a medidas de coação não detentivas.

Detido pastor em Chaves por crime de incêndio

A Polícia Judiciária, através da Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real, procedeu à identificação e detenção de um homem, suspeito de ter ateado um foco de incêndio em área florestal, sita em Nogueira da Montanha – Chaves.

O incêndio, ocorrido no dia 08 de outubro de 2019, ao início da tarde, consumiu área de mato e colocou em perigo uma mancha florestal significativa, bem como habitações próximas, de valor consideravelmente elevado, que apenas não foram atingidas devido à rápida intervenção dos bombeiros e meio aéreo.

O detido, com 66 anos de idade e pastor, foi presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação, aguardando agora em prisão preventiva os ulteriores termos do processo.

Menu