A Cruz Vermelha Portuguesa vai realizar uma ação nas Piscinas de Vila Real, dia 5 de setembro a partir das 10h30. Serão 6 voluntárias que irão realizar atividades lúdicas com as crianças dos campos de férias e ensinar as mesmas a colocar protetor e os cuidados que deverão ter na exposição solar. Esta ação insere-se na iniciativa “#OMEUSOL: vive + o verão” que vai já na 11ª edição e conta com mais de 776 voluntários em todo o país.

A ação é mais dirigida aos mais pequenos e jovens e consiste em ajudar a preencher o caderno de atividade, rever medidas básicas de proteção do sol e ainda vão ter um concurso de fazer desenhos, habilitando-se a ganharem um kit solar. As ações são conduzidas por voluntário das Cruz Vermelha da região e temos um responsável/ porta-voz da CVP para prestar declarações sobre as ações que estão a realizar.

A Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) repete mais uma edição do projeto de verão “#OMEUSOL: vive + o verão” que, ao longo de 11 anos, tem vindo a mudar comportamentos de crianças, adolescentes e jovens adultos, sensibilizando a população nacional para a importância da proteção solar e quais os cuidados a ter.

Para assegurar a eficácia do projeto no terreno, a CVP forma todos os anos dezenas de voluntários das delegações locais num evento de lançamento do projeto em Lisboa. A formação, que inclui uma componente científica sobre os malefícios da exposição à radiação UV para a pele, e uma componente prática, com partilha de experiências entre os voluntários e treino de exercícios pedagógicos, capacita as delegações para sensibilizar os veraneantes sobre os comportamentos a adotar durante a exposição solar.

Cada uma das delegações organiza todos os anos nas suas áreas de atuação ações de sensibilização específicas a cada um dos públicos-alvo – crianças, adolescentes e jovens adultos – com especial foco na prevenção do cancro da pele, assim como através de jogos e exercícios pedagógicos com materiais educativos desenvolvidos especificamente para este projeto.

Os 776 voluntários vão estar junto de praias fluviais, marítimas, piscinas municipais e noutros eventos ao ar livre, promovidos pelas autarquias do país, chegando a cerca de 30 mil pessoas em atividades durante a época balnear, entre crianças, adolescentes e jovens adultos. De referir que as crianças são o público mais permeável desta iniciativa, uma vez que com muita frequência são elas que formam os comportamentos dos pais através da imitação e transposição da informação que receberam do projeto “#OMEUSOL: vive + o verão”.

 

 

Deixe o seu Comentário

Comentário