Confraria do Covilhete de Vila Real assina protocolo com produtores de Maronesa

Na passada quinta-feira, a Confraria do Covilhete realizou mais um Capítulo Geral. Evento no qual foi assinado um protocolo especial com a Associação de Criadores de Gado Maronês, para que todos os produtores e os confrades beneficiem dum desconto especial na aquisição de Carne Maronesa. Uma medida que dinamizará a economia local e facilitará a utilização da carne maronesa na receita dos covilhetes de Vila Real que, desde o final do Verão, são uma marca registada.

“Esta marca é propriedade da Confraria e representa todos os produtores que produzem covilhetes em Vila Real. Com esta marca queremos que as pessoas, ao comer um covilhete, saibam que é de Vila Real e que é produzido com a nossa carne, com os fumeiros da nossa região e que percebam que são utilizados critérios que salvaguardam o produto, mostrando a sua identidade e a qualidade”, frisou Hilário de Oliveira, acrescentado que a marca Covilhetes de Vila Real, permitirá uniformizar e melhorar os covilhetes de Vila Real através duma produção que se aproxima dum covilhete mais antigo e tradicional.

Neste evento, foi também atribuído o título de Confrade de Honra a Jaime Ferreira Borges, um membro que, segundo o Juiz Presidente do Conselho de Ilustres, é um membro que “faz parte da alma da Confraria e de Vila Real”.

Hilário de Oliveira aproveitou o momento para anunciar que, este natal, a Adega de Vila Real e a Confraria vão criar um pacote em que estão incluídas duas garrafas de vinho oficial da Confraria e um copo. Um “kit” que poderá ser adquirido por todos os confrades “para oferecer aos amigos, por um preço excecional”.

CR

Partilhar:

Menu