Cidadãos que regressem do estrangeiro devem ficar em isolamento profilático durante 14 dias

Perante a atual situação epidemiológica do COVID-19, Maria Cristina Fonseca Sousa, Delegada de Saúde Coordenadora da Unidade de Saúde Pública do Agrupamento de Centros de Saúde Marão e Douro Norte, enquanto Autoridade de Saúde, determinou, hoje, através de um comunicado, que todos os cidadãos que regressem do estrangeiro devem permanecer em isolamento profilático durante 14 dias, a contar do dia de chegada.

Partilhar:

Menu