CHTMAD pronuncia-se sobre agressão contra médico

Um homem agrediu, ontem à noite, um médico no Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD), em Vila Real, após ser informado da morte da mulher de 71 anos. 

O Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD) confirmou o incidente que envolveu “um médico no serviço de urgência no hospital de Vila Real” e que “resultou em ferimentos ligeiros no profissional”. Uma ocorrência que levou o segurança do centro hospitalar a “sanar” de imediato o conflito, “acionando as autoridades (PSP), que se deslocaram ao  local e tomaram conta da ocorrência”.

Apesar de se tratar de um “caso isolado”, o conselho de Administração desaprovou “este tipo de conduta”, manifestando a “sua solidariedade” para com o profissional através da disponibilização do “apoio necessário”. 

Segundo a agência Lusa, a Polícia referiu que, quando os agentes chegaram ao local, o alegado agressor já não se encontrava no hospital, no entanto, foi possível identificá-lo, uma vez que vários testemunhas assistiram ao momento da agressão. 

Menu