Centro de Acolhimento temporário de Vila Real pronto a receber doentes COVID-19


 O Centro de Acolhimento temporário de Vila Real, instalado no edifício do ex-CIFOP, já está pronto a receber doentes COVID-19 em caso de necessidade. A apresentação feita à comunicação social contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Vila Real, Rui Santos, acompanhado de responsáveis da Protecção Civil Municipal, do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD), do Agrupamento de Centros de Saúde do Douro e do Regimento de Infantaria nº 13.

O espaço, onde atualmente funcionava um ginásio, mas que chegou a albergar cursos da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), foi convertido em apenas dois dias num Centro de Acolhimento para doentes COVID-19.

O centro, que resultou de uma parceria entre Município de Vila Real, UTAD e RI 13, destina-se, em caso de necessidade, a instalar utentes de equipamentos sociais, lares de idosos, famílias de acolhimento, entre outros.

De referir que no concelho de Vila Real existem, agora, 152 casos, sendo que a maioria deriva da infeção no Lar de Nossa Senhora das Dores.

Doentes de lar podem ser transferidos em caso de infeção

A partir de hoje, caso se verifique a necessidade de evacuação de um equipamento social, passa a existir um espaço pronto a acolher os seus utentes. Ressalve-se que todo o edifício é acessível, possibilitando a utilização de cadeiras de rodas ou macas.

Para além das camaratas masculina e feminina, estão também disponíveis um refeitório, uma sala de estar/convívio, balneários, sala de enfermagem e salas para outros profissionais da saúde, como fisioterapeutas ou psicólogos.

Mais uma vez, o Exército Português foi fundamental para a concretização deste projeto, quer disponibilizando as camas, quer disponibilizando recursos humanos que, a par dos trabalhadores do Município e da UTAD, montaram toda a estrutura em tempo recorde.

Assim, a partir de hoje, as autoridades de Saúde e de Segurança Social, que acompanharam a instalação do Centro, passarão a poder gerir este espaço, dotando-o dos técnicos que considerarem necessários para o melhor acompanhamento dos seus utilizadores.

Menu