Armada, Exército, Força Aérea, Câmara Municipal, Associação de Marinheiros de Trás-os-Montes e Alto Douro, Associação Comandante Carvalho Araújo, Amigos de Carvalho Araújo e muitos cidadãos vila-realenses irmanaram-se para celebrar o Herói que há cem anos, com os seus comandados, na madrugada do dia 14 de Outubro, lutou contra o poderoso submarino alemão U-139, conseguindo, embora morrendo, salvar da morte os 206 passageiros que o navio S. Miguel transportava  para o Funchal.  Neste dia 14 de Outubro de 2018, foram muitos os actos  que ocorreram para celebrarem um Herói, que é português, que é de Vila Real. Às 15 horas houve sessão solene no Salão Nobre da Câmara Municipal; pelas 16 horas, realizaram-se honras militares junto ao monumento que o recorda; às 17 horas, exibiu-se o grupo que representou a junta de freguesia de Vila Real, com a marcha Carvalho Araújo; a Associação de Marinheiros de Trás-os-Montes e Alto Douro recebeu o Almirante Mendes Calado, Chefe do Estado Maior da Armada; às 18 horas procedeu-se à abertura de uma exposição documental no Museu da Vila Velha, espólio de Carvalho Araújo.

 

 

 

Deixe o seu Comentário

Comentário