Câmara de Montalegre incentiva compra de cordeiros e cabritos do concelho


A autarquia de Montalegre iniciou uma campanha de fomento da economia local com o foco na venda de anhos/cabritos do concelho. A vivermos uma época marcada pelo surto epidémico da covid-19, esta aposta promete ser uma “mais valia” para o bolso dos produtores do concelho. Para o presidente da Câmara de Montalegre, Orlando Alves, estamos perante uma ação que «fomenta o consumo daquilo que produzimos criando, desta forma, uma cadeia de solidariedade e de sustentabilidade do território».

Há, no enntanto, algumas regras a cumprir. O preço, pagamento e as encomendas são diretamente entre produtor e talho e este com o consumidor; o município só distribui para fora do concelho se a encomenda for superior a três animais; o proprietário do talho tem que colocar o animal num saco térmico e com um cartão onde identifica o talho e produtor (nome e aldeia); o proprietário do talho tem que informar o município, para este preparar a entrega no endereço fornecido.

O município de Montalegre só distribui os cordeiros e cabritos até sábado (dia 11) ao meio-dia.

Partilhar:

Menu