Boticas: atraso dos CTT na entrega de correspondência preocupa a Câmara Municipal


Na sequência das muitas manifestações de desagrado da população do Concelho relativas aos sucessivos (e incompreensíveis) atrasos na entrega de correspondência (e encomendas) por parte dos CTT, que em algumas freguesias do Concelho chega a ser de várias semanas, o Presidente da Câmara de Boticas, Fernando Queiroga, reuniu esta quinta-feira, dia 25 de junho, com responsáveis da Direção da Região Norte da Empresa, para dar conhecimento dessas situações, transmitindo o desagrado da população e, ao mesmo tempo, procurar encontrar soluções que permitam agilizar e reduzir, para prazos considerados “razoáveis”, os tempos de entrega da correspondência.

Ambas as partes manifestaram a necessidade de solucionar esta situação, “a todos os níveis inaceitável”, procurando estabelecer formas de colaboração que permitam ultrapassar os grandes atrasos na distribuição da correspondência, que “tem causado graves problemas à população do Concelho de Boticas”, como sublinha o Presidente da Câmara. “Estamos disponíveis para encontrar, junto com os CTT, uma forma de resolver o problema”, remata Fernando Queiroga, prometendo “novidades para muito breve e a apresentação de soluções que certamente serão do agrado da nossa população e permitirão repor a normalidade deste serviço que consideramos essencial, sobretudo nesta altura difícil que enfrentamos motivada pela pandemia de Covid-19”.

Partilhar:

Menu