Bloco de Esquerda questiona Estado sobre abatimentos de terra em Campo de Jales

O Bloco de Esquerda (BE) questionou ontem o Estado, através dos ministérios das Infraestruturas e Habitação e do Ambiente e da Ação Climática, sobre as “populações isoladas por abatimentos em mina de Jales em Vila Pouca de Aguiar”, na sequência das últimas ocorrências naquele local e que levaram ao corte de uma estrada.

O partido perguntou, através da Assembleia da República, se o Ministério das Infraestruturas e Habitação “tem conhecimento do corte da Estrada Municipal 1172-1 e se está prevista a requalificação da referida via, fundamental, para as populações que serve e em que moldes”.

Ao Ministério do Ambiente e da Ação Climática o BE questionou sobre “o problema em concreto que tem causado estes abatimentos”, se “pode o Governo disponibilizar as conclusões dos estudos e ensaios de suporte técnico”, e se “está prevista a requalificação da mina de forma a garantir a acessibilidade e segurança da EM 1172-1”.

Segundo o Ministério do Ambiente, que tutela tanto a Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG) como a Empresa de Desenvolvimento Mineiro (EDM), os trabalhos de monotorização, estudos e ensaios de suporte técnico só avançaram no ano passado, não sendo ainda conhecidos todos os resultados.

Partilhar:

Menu