O Município de Boticas e o Regimento de Infantaria N.º 19 reuniram esta segunda-feira, dia 25 de junho, no edifício da Câmara Municipal, para concertar os procedimentos necessários para o início da vigilância da floresta, dando seguimento ao protocolo de colaboração assinado entre as duas instituições.

A reunião contou com a presença do Presidente da Câmara, Fernando Queiroga, de responsáveis do RI 19 e do Comandante dos Bombeiros de Boticas, Carlos Gomes.

O patrulhamento será feito pelos militares do RI 19 e acompanhado pelas estruturas da Proteção Civil Municipal, nomeadamente o Gabinete Técnico Florestal da autarquia e os Bombeiros Voluntários de Boticas.

O período de vigilância decorrerá entre o próximo mês de julho até setembro, fase crítica e com maior probabilidade de ocorrência de incêndios florestais.