XI Bienal de Pintura do Eixo Atlântico

1039

Patente em Chaves até 28 de abril, a exposição apresenta ampla variedade de estéticas que caracterizam a Arte Contemporânea, com obras a óleo, acrílico, serigrafias e pintura digital
Depois de estar em exposição na Casa de Cultura de Verín, a Bienal de Pintura do Eixo Atlântico está agora patente ao público, de 02 a 28 de abril, na Sala Multiusos do Centro Cultural de Chaves.
A mostra é constituída por um total de 29 trabalhos inéditos de artistas portugueses e galegos, selecionados de entre mais de 100 trabalhos admitidos a concurso, estando também incluídos os vencedores do Prémio Eixo Atlântico e do Prémio Jovens Talentos Luso-Galaicos. Esta mostra apresenta uma ampla variedade de estéticas que caracterizam a arte contemporânea, estando presentes obras a óleo, acrílico, serigrafias e pintura digital, sobre tela, papel ou madeira.
Organizada pelo Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular, com a colaboração da Fundação da Juventude (FJ) e da Junta da Galiza, a Bienal é a única exposição itinerante entre dois países da União Europeia e pretende favorecer um espaço de promoção e intercâmbio de jovens artistas da Eurorregião Galiza-Norte de Portugal.
Desde o passado mês de dezembro até ao mês de abril de 2017, esta exposição itinerante irá percorrer um total de 18 municípios do Norte de Portugal e da Galiza.
Em Chaves, a abertura da Bienal decorreu no dia 02 de abril, na Sala Multiusos do Centro Cultural. A entrada é gratuita e estará patente ao público de terça a sábado, das 14h00 às 17h00, durante todo o mês de abril.

Deixe o seu Comentário

Comentário