Vilar de Perdizes: 30º Congresso de Medicina Popular

795

Desde   sexta-feira  que se cumpre o 30º  Congresso de Medicina Popular  de Vilar de Perdizes. Medicina Popular? Porque não? Foi sobretudo com o objectivo de mostrar   a virtude  terapêutica das  ervas  que nasceu esta reunião pelas mãos do padre Fontes, a que havia de se associar o mundo do oculto. E foi este que deu mais fama ao evento. Desde há 30 anos que estas duas partes se completam. Mas quem olhar para o programa não deixa de constatar que os conferencistas se dedicam sobretudo à divulgação  do saber popular sobre as propriedades das plantas. Foi isso o que aconteceu hoje, sábado.  O dia até abriu  com a apresentação de um livro  de Maximino Fernandez Sendim: Poldras, Pasos, Pasaderos – Reminiscências do Neolítico. O fecho, às 23 horas,  tem o ritual de uma (tradicional) queimada.

Deixe o seu Comentário

Comentário