Turmas de início de ciclo não abrem em 39 colégios com contratos de associação

789

O Governo anunciou que não vai abrir turmas de início de ciclo em 39 colégios privados com contratos de associação, o que representa uma redução de 57 por cento no financiamento a novas turmas.

Os números foram avançados pela secretária de Estado Adjunta e da Educação, Alexandra Leitão, no final de uma reunião com a Associação dos Estabelecimentos de Ensino Particular e Cooperativo (AEEP) à qual apresentou os números.

Antonio Sarmento, presidente da AEEP, disse a saída da reunião que os colégios estão “perplexos e revoltados” com os cortes anunciados.

Segundo a secretária de Estado, o estudo que o ministério pediu do levantamento da rede escolar detetou 73 por cento de redundâncias em turmas de início de ciclo.

Deixe o seu Comentário

Comentário