Túnel do Marão inaugurado sábado e abre ao tráfego às 00:00 de domingo

2192
Foto: Sandra Borges

O primeiro-ministro, António Costa, inaugura sábado a Autoestrada do Marão — Túnel do Marão, que vai ligar Amarante a Vila Real.

Segundo o ministério do Planeamento e Infraestruturas a nova autoestrada abre ao tráfego às 00:00 de domingo.

A Autoestrada do Marão possui 26 quilómetros, quase seis por túnel, começou a ser construída em 2009 e, depois de três paragens, é inaugurada no sábado numa cerimónia que será presidida pelo primeiro-ministro, com a presença de vários elementos do Governo, entre os quais o ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques.

A festa de inauguração realiza-se sábado à tarde, com a comitiva a entrar no túnel pelo lado de Amarante e os discursos a terem lugar do lado de Vila Real.

Durante a manhã realiza-se uma caminhada solidária e ainda um passeio de carros antigos, um programa que está a ser organizado pelas câmaras de Vila Real e de Amarante.

Segundo a Infraestruturas de Portugal (IP), toda a autoestrada representa um investimento de cerca de 270 milhões de euros.

Concluir o túnel custou 88 milhões de euros, dos quais cerca de 17 milhões de euros foram reservados para os equipamentos de segurança.

A Autoestrada do Marão está construída cerca de 200 metros abaixo do Itinerário Principal 4 (IP4), precisamente na zona da serra onde é mais usual nevar e concentrar-se o nevoeiro e, por isso mesmo, apresenta-se como uma alternativa mais segura e rápida, permitindo encurtar a viagem para o litoral em cerca de 20 minutos.

A velocidade máxima pela travessia do Marão é 100 quilómetros hora e a altura máxima permitida para os veículos é de cinco metros.

Percorrer esta nova via vai custar 1,95 euros (veículos classe 1), 3,40 euros (classe 2), 4,40 euros (classe 3) e 4,90 euros (classe 4).

Nos últimos dias têm-se multiplicado as posições em defesa da abolição de portagens nesta autoestrada, nomeadamente por parte da Comissão de Utentes da A4, bem como pelo Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV) e o Bloco de Esquerda.

O túnel e as variantes de Bragança e Vila Real eram os únicos troços portajados nos contratos das empreitadas das autoestradas do Marão e Transmontana, que liga Vila Real a Bragança

Deixe o seu Comentário

Comentário