Sargento da GNR entre detidos por lenocínio e corrupção em Vila Real

1361

A Polícia Judiciária (PJ) deteve três homens indiciados pela prática dos crimes de lenocínio e corrupção, em Vila Real, sendo um deles sargento da Guarda Nacional Republicana (GNR). Através da Unidade Local de Investigação Criminal, a PJ desencadeou uma operação policial em várias localidades do norte do Pais, no âmbito da qual foram detidos três homens suspeitos da autoria dos crimes de lenocínio e corrupção.

Os suspeitos desenvolviam a sua atividade há vários anos num estabelecimento noturno, situado em Vila Real, onde fomentavam a prática de prostituição por mulheres de várias nacionalidades, auferindo elevadas vantagens patrimoniais.

Os detidos, com idades compreendidas entre os 30 e os 42 anos, um dos quais elemento de uma força de segurança, vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Deixe o seu Comentário

Comentário