Suspeito de abusar das três filhas adotivas ficou em silêncio

608

O homem, de 50 anos, acusado de abusos sexuais às três filhas adotivas, não quis prestar declarações na primeira sessão do julgamento que começou, esta segunda-feira, no Tribunal de Vila Real. O arguido é suspeito de três crimes de abuso sexual de crianças agravado, dois crimes de abuso sexual de menor dependente, três crimes de maus tratos a menores e um crime de detenção de arma proibida. Segundo a acusação, o homem abusou das três filhas durante (…)

Durante a primeira sessão foram ouvidas várias testemunhas, entre elas o diretor da escola onde as irmãs estudavam e a responsável pela instituição onde foram acolhidas. A segunda sessão do julgamento está marcada para 6 de fevereiro.

Leia o artigo completo na edição desta semana do Notícias de Vila Real, à venda aqui ou assine a edição impressa ou online aqui.

Deixe o seu Comentário

Comentário