Semana Académica da UTAD com oito dias de festa

597

Do rock ao pop, do reggae ao hip-hop, da eletrónica à kizomba, e terminando com o estilo mais “tradicional” de Quim Barreiros, assim será a Maior Semana Académica de que há memória, organizada pela Associação Académica da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (AAUTAD). A Semana Académica da UTAD arranca a 24 de abril e prolonga-se até 1 de maio.

A AAUTAD apresenta um cartaz variado que pretende agradar a todos, de uma forma geral, criando também um ambiente de alegria e descontração dentro do recinto, que irá ficar instalado, como habitualmente, junto da Biblioteca Municipal de Vila Real.

A AAUTAD pretende proporcionar aos alunos da academia transmontana, em particular aos alunos finalistas, oito dias carregados de “alegria, descontração e são convívio entre todos os estudantes”, não deixando de fora, a população vila-realense e famílias e todos que queiram aproveitar o “ambiente académico único que se respira na Semana Académica da UTAD”.

António Vasconcelos, presidente da AAUTAD salienta alguns nomes do cartaz, como o DJ canadiano Tiga, um nome de culto dentro da música eletrónica alternativa a nível internacional, Diogo Piçarra, Marta Ren, João Pedro Pais, Icarus, Dj Djodje e o ex-aluno da UTAD e vencedor do programa de televisão “Ídolos”, Filipe Pinto, para demonstrar o “amplo espetro de estilos musicais que se quis abranger ao longo destes oito dias de festa”.

“Todos os dias vão ter dois cabeças de cartaz, esta é uma das novidades deste ano, e é uma aposta que fazemos na multidisciplinaridade e variedade musical, não apenas ao longo dos dias, mas também em cada dia de concertos”, sublinhou o dirigente académico.

A dinâmica das atividades diurnas da Semana académica da UTAD também foi alterada, sendo que o cortejo académico irá realizar-se no dia seguinte à missa de Benção das Pastas e Queima das Fitas, que se realiza no sábado, na Nossa Senhora da Conceição. Assim, na tarde de domingo, dia 30, ao invés de decorrer a meio da semana, como era habitual, os estudantes irão desfilar por algumas vias do centro da cidade. Uma alteração que visa “integrar as famílias dos estudantes neste ritual académico, tão significativo para os alunos finalistas”.

Na Missa de Benção das Pastas e Queima das Fitas, a AAUTAD vai colocar ecrãs gigantes, para que a multidão que habitualmente assiste, consiga ver com facilidade e em detalhe o decorrer das cerimónias.

Deixe o seu Comentário

Comentário