Rui Santos quer que cortes na A24 sejam “corrigidos”

1270

O presidente da Câmara Municipal de Vila Real, Rui Santos, alertou para os “cortes significativos” que a Autoestrada 24 (A24) sofreu “há um ano” e que precisam de ser “corrigidos”.

“Alertamos, já no ano passado, para a falta de iluminação nos nós de acesso, a desativação dos postos SOS e dos painéis de informação”, lembrou o autarca, que referiu ainda a “redução para metade dos limpa-neves e das viaturas de apoio, que passaram a circular de quatro em quatro horas e só à chamada no período noturno”.

Rui Santos chamou a atenção para estes cortes em novembro de 2015, aquando da renegociação do contrato de concessão entre o Estado e a Operscut. “Na altura, foi-nos dito que não fazia sentido continuar com esta discriminação negativa, mas passou um ano e nada foi resolvido”, lamentou Rui Santos.

O presidente vila-realense defende que “é absolutamente inaceitável” que a região continue a ter as “autoestradas portajadas mais caras do país por quilómetro” e sem as mesmas condições de acessibilidade do litoral e resto do país. “Parece que só teremos alterações quando houver uma tragédia. Deixamos aqui um alerta e um pedido para que esta situação seja corrigida”, rematou.

Deixe o seu Comentário

Comentário