RUI RIO EM VILA REAL

770

Rui Rio, o candidato a presidente do Partido Social Democrata (PSD), esteve, na noite deste sábado, 28 de outubro de 2017, em Vila Real, num encontro com os militantes da distrital local, para um debate de ideias sobre as linhas mestras que orientam a sua candidatura. O auditório do Hotel Miracorgo encheu por completo para ouvir Rui Rio e com ele debater ideias para Portugal. (…) O candidato centrou o discurso na urgência da reforma do poder político e na necessidade e regenerar o PSD. “Precisamos de renovar o partido, de ter gente nova a entrar no partido. O PSD não se pode enquistar e tem-se fechado em núcleos cada vez mais pequenos. Temos perdido o entrosamento com a sociedade e o resultado é a perda de votos”, reconhece. (…) E começou pelo último ponto: “Portugal precisa de um PSD forte e não o tem neste momento”. O partido tem perdido relevância autárquica e nas recentes eleições, “nas duas maiores cidades, Lisboa e Porto”, teve “10, 11 por cento, em Oeiras, oito, e em Vila Nova de Gaia, por exemplo, para citar grandes centros urbanos, o Partido Socialista tem nove vereadores em 11”, prossegue. (…) “Mas isto não é uma fatalidade. Temos de abrir o partido à sociedade, de abrir as sedes, de trazer novas pessoas à participação. Temos de dar vida ao partido em termos locais e nacionais. Em termos locais, devemos pôr o partido a debater questões locais. Mas à escala nacional, o partido também deve debater as ideias, não só em Lisboa ou no Porto, mas em todo o país”, aponta Rui Rio, reforçando que “o grande objetivo é ganhar as eleições em 2019”, mas que se deve “colocar já as eleições autárquicas de 2021 como objetivo”.  (Do comunicado do PSD)

Estas foram algumas das palavras que o candidato dirigiu aos militantes do PSD, no auditório do Hotel Miracorgo.

 

Deixe o seu Comentário

Comentário