Quercus denuncia descargas ilegais no parque empresarial de Chaves

814

A associação ambientalista Quercus alertou para as “descargas ilegais” de efluentes industriais que têm sido feitas, ao longo dos últimos nove anos, “diretamente” para linhas de água e que estarão a ser provocadas pelo parque empresarial de Chaves.
A Quercus defende que esta situação “constitui não só um atentado ambiental mas também um grave perigo à saúde pública”. O presidente da Câmara de Chaves, António Cabeleira, já assumiu a construção de um emissário que vai ligar o parque empresarial ao sistema geral. No entanto, referiu que o processo esbarrou nas expropriações e na dificuldade em identificar proprietários.
O autarca explicou que a “fossa compacta” instalada no parque empresarial, onde existem quatro unidades agroindustriais, entra “em colapso” com frequência devido ao “excesso de gordura”. António Cabeleira nega que a “saúde pública esteja em risco” e que se trate de um “atentado ambiental”.
A organização exigiu, por fim, a “rápida resolução desta situação ilegal”, considerando que é urgente dar resposta a “este problema que se arrasta há já vários anos e que tem vindo a comprometer a saúde pública e o ambiente”.

Deixe o seu Comentário

Comentário