Propina é prémio para estudantes da UTAD que se destaquem no desporto

1068

Os alunos da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) que se destaquem a nível desportivo em competições nacionais e internacionais vão passar a receber um prémio monetário que vai de vinte e cinco por cento do valor da propina até ao valor total da mesma.

A notícia é avançada pela Associação Académica da UTAD, que apresentou a proposta da criação do Prémio de Mérito Desportivo aos órgãos decisores da academia transmontana, tendo conseguido a aprovação por parte do conselho académico e posteriormente pelo conselho de gestão.

“Já há muito que queríamos ver os melhores atletas da academia distinguidos pelo seu bom desempenho, aliás, este era um nosso desejo desde o primeiro mandato, daí termos avançado com a proposta de criação do Prémio de Mérito Desportivo”, explicou André Coelho, presidente da AAUTAD, que sublinhou ainda a “relevância moral” do valor do prémio estar ligado à propina, considerando que se trata de “um estímulo muito valioso para os atletas”.

Na prática, o Prémio de Mérito Desportivo vai distinguir os estudantes que sejam campeões nacionais com 25 por cento do valor da propina, os alunos que ganhem medalhas de bronze em competições internacionais recebem 50 por cento desse mesmo valor, os estudantes que alcançam medalhas de prata recebem 75 por cento do valor e os que arrecadam medalha de ouro recebem o valor total da propina anual, que ascende aos 1019 euros.

O Prémio de Mérito Desportivo da UTAD vai ser entregue ainda durante este ano letivo aos alunos que preencham as condições expostas.

 

 

Deixe o seu Comentário

Comentário