Polícia Judiciária deteve suspeito de incêndio florestal

580

A Polícia Judiciária de Vila Real deteve homem, suspeito de ter ateado um incêndio em área florestal emTelões – Vila Pouca de Aguiar, que consumiu povoamento de carvalho e mato.

O incêndio, ocorrido no dia 27 de julho de 2016, cerca das 17H00, colocou em perigo área florestal e armazéns, que apenas não foram consumidas devido à rápida intervenção dos bombeiros e um meio aéreo.

O detido, com 56 anos de idade, pastor, vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

No corrente ano a Polícia Judiciária já identificou e deteve 48 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

 

Deixe o seu Comentário

Comentário