Polícia Judiciária deteve suspeito de incêndio florestal

697
Fotografia ilustrativa

A Polícia Judiciária de Vila Real deteve um homem, suspeito de ter ateado um incêndio em área florestal na localidade de Cabanes, em Vila Pouca de Aguiar.

O incêndio, ocorrido no dia 11 de agosto de 2016, cerca das 02H30, colocou em perigo área florestal e habitações, que apenas não foram consumidas devido à rápida intervenção dos bombeiros.

O detido, com 26 anos de idade, sem ocupação laboral, vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

No corrente ano a Polícia Judiciária já identificou e deteve 38 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

Deixe o seu Comentário

Comentário