O cilindro já chegou. Para quando a mudança para a Estação?

717

Habituados como estão a ver sair serviços das cidades e vilas da região, pensou-se o pior quando se soube que a Empresa Infraestruturas de Portugal ia proceder à venda das suas instalações sitas na Timpeira, em Vila Real. A cidade ficou em pesaroso sobressalto.

Primeiro surgiu a notícia de que apenas os anexos ao edifício da sede iriam ser vendidos. Mas, logo passado algum tempo, foi anunciado que seriam vendidas todas as instalações da empresa em Vila Real, na Timpeira.

O assunto causou ainda mais estranheza, porque o edifício sede tinha sido construído de raiz e propositadamente para albergar os serviços da Estradas de Portugal. Esta empresa que substituiu a antiga Junta Autónoma de Estradas, funcionou durante décadas no edifício do Governo Civil, no centro da cidade. Assim, os funcionários e dirigentes da Estradas de Portugal mal aqueceram os lugares de trabalho no novo e funcional edifício da Timpeira. A empresa Infraestruturas de Portugal resultou da fusão entre a CP e a Estradas de Portugal.

A venda das instalações teve lugar mediante hasta pública, há cerca de um ano.

Na altura tinha mostrado interesse na aquisição a empresa das Águas de Portugal. Contudo, no dia da arrematação, apresentou-se uma empresa privada.

(…)

Leia o artigo completo na edição desta semana  do Notícias de Vila Real, nas bancas, à venda aqui.
Ou assine a edição impressa ou em PDF aqui.

 

Deixe o seu Comentário

Comentário