Montalegre: 13 embaixadores da marca “Padre Fontes”

890

A marca “Padre Fontes” conta, a partir de agora, com 13 personalidades da região que assumiram a função de embaixador e que vão desempenhar um papel positivo como influenciadores na sua divulgação. No lote está Orlando Alves, presidente da Câmara Municipal de Montalegre. A cerimónia de apresentação decorreu na sede do Ecomuseu de Barroso, em Montalegre.
Foram apresentados os 13 embaixadores da marca “Padre Fontes”. Personalidades da região que aceitaram a tarefa de levarem, ainda mais longe, o nome do maior embaixador do concelho de Montalegre, o mítico padre Fontes. Para já, a marca apresenta dois produtos: o vinho e o licor. No futuro irão juntar-se outros produzidos no concelho.
Orlando Alves, presidente do município, foi um dos que apadrinhou a marca. Na sessão referiu que tudo irá fazer «para cumprir, o melhor possível, esta função» e assim «contribuir para a diplomacia económica da marca». O autarca considera que «não é um processo fácil mas que foi abraçado por um jovem responsavelmente atrevido» e «cheio de motivação» que é «um exemplo para muitos outros se reverem neste golpe audacioso que apresenta».
Da autoria do jovem barrosão Paulo Reis Santos, a marca “Padre Fontes” pretende assumir-se como «elemento âncora de estratégia, desenvolvimento, promoção e dinamização da região de Barroso». Associar-lhe 13 embaixadores revelou que é «uma ideia inovadora». Ao mesmo tempo, o designer refere que os padrinhos da marca estão «ligados a diferentes áreas nas vilas de Montalegre e Boticas e na cidade de Chaves, a região que apresenta produtos para levar além-fronteiras».
O vinho é o produto com maior impacto na marca “Padre Fontes”. Sobre ele, o sócio-gerente da empresa declara: «com o nome do grande embaixador da região, produção da autoria da Quinta de Arcossó, e com enologia de Francisco Montenegro e Amílcar Salgado, o vinho Padre Fontes, revela a identidade da região, num sabor com carácter. É claramente um vinho que reflete a autenticidade que tão bem carateriza o mais ilustre barrosão, o Padre Fontes».
Foi a última aposta. O licor “Padre Fontes”, inspirado na queimada da “Sexta 13”, é produzido artesanalmente com 13 matérias-primas naturais, criteriosamente selecionadas, que lhe garantem uma qualidade ímpar e um sabor místico, uma das quais ouro comestível de 23,5 quilates.

13 EMBAIXADORES DA MARCA “PADRE FONTES”

Orlando Alves (Presidente da Câmara Municipal de Montalegre)
David Teixeira (Vice-presidente da Câmara Municipal de Montalegre)
Fernando Rodrigues (Presidente da Assembleia Municipal de Montalegre)
Adelino Bernardo (Diretor Regional Adjunto da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte)
Amílcar Salgado (Proprietário da Quinta de Arcossó)
Nuno Justo (Presidente da Associação Empresarial do Planalto Barrosão)
Otelo Rodrigues (Responsável do Ecomuseu de Barroso)
António Cabeleira (Presidente da Câmara Municipal de Chaves)
Fernando Queiroga (Presidente da Câmara Municipal de Boticas)
António Chaves (Presidente do conselho fiscal da Associação Empresarial do Alto Tâmega – ACISAT)
Leonel Fernandes (Chef)
Helena Carvalho (Gerente na empresa “D’Chaves – Fumeiro e Pastéis”)
António Joaquim Dias (Pároco de Vilar de Perdizes)

Deixe o seu Comentário

Comentário