Julgamentos vão voltar a tribunais encerrados, disse a ministra da Justiça

808

A ministra da Justiça anunciou ontem em Vila Real que apresenta no dia 24, no Parlamento, os “ajustamentos” ao mapa judiciário que trarão “boas notícias” para Vila Real, onde alguns julgamentos vão regressar aos tribunais que encerraram em 2014.

“Considerando que Vila Real acabou por ser o distrito em que mais tribunais foram encerrados, as boas notícias apontam no sentido, não da reabertura propriamente destes tribunais, mas na reabertura desses espaços para a prática de atos judiciais”, afirmou Francisca Van Dunem.

Após a reforma judiciária, que levou ao encerramento de quatro tribunais no distrito (Boticas, Mesão Frio, Murça e Sabrosa) e à transformação de Mondim de Basto numa secção de proximidade, os serviços foram repartidos entre o edifício sede do tribunal de Vila Real e prefabricados (contentores) que foram instalados na cidade.

A ministra esteve a cidade para inaugurar o novo edifício do Tribunal onde passaram a funcionar os serviços da instância central cível, local cível e da instância central do trabalho.

“Onde os tribunais fecharam vai ser possível voltar a ter julgamentos, sim”, afirmou a ministra aos jornalistas, sem querer, no entanto, adiantar mais pormenores porque disse que o seu “primeiro dever é falar ao Parlamento”.

(…)

Leia o artigo completo na edição da próxima semana do Notícias de Vila Real, à venda aqui.
Ou assine a edição impressa ou online aqui.

Deixe o seu Comentário

Comentário