Incêndio no hospital obriga a transferir 17 doentes

945

Um incêndio no edifício de internamento do Serviço de Psiquiatria do hospital de Vila Real obrigou a transferir 17 doentes para a unidade hospitalar de Chaves. Um dos doentes internados teve de ser observado no Serviço de Urgência. O fogo teve origem num “quarto de isolamento” e “foi provocado por um doente internado”, segundo fonte do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD).

O doente utilizou um isqueiro para atear fogo a uma cama. O CHTMAD revelou que “o sistema de deteção de incêndios sinalizou a existência de fumo”, tendo sido ativado o Plano de Emergência Interno.

Dos 19 doentes internados, um teve alta e outro teve de ser observado no Serviço de Urgência devido a inalação de fumo, mas encontra-se estável. Os restantes 17 foram transferidos para a Unidade Hospitalar de Chaves, por precaução. O CHTMAD acredita que a transferência será “previsivelmente apenas por 24 horas”, enquanto se procede à limpeza e inspeção do Serviço. No local, estiveram 13 operacionais dos bombeiros da Cruz Branca, apoiados por cinco viaturas.

Deixe o seu Comentário

Comentário