Homicida do Pinhão condenado a pena máxima

1059

O Tribunal de Vila Real condenou Manuel Monteiro à pena máxima de 25 anos de prisão por ter assassinado Joana Nogueira, de 23 anos, prima da ex-namorada, Marta Nogueira, de 22, que também foi atingida e ficou incapacitada. O crime aconteceu em abril de 2014 na vila do Pinhão, no concelho de Alijó, depois de Marta ter terminado a relação amorosa que mantinha com o arguido.

Manuel Monteiro, natural de Baião, dirigiu-se à pastelaria onde as duas primas trabalhavam e atingiu Joana com um tiro na cara e feriu Marta no pescoço e na cabeça, enquanto a agarrava contra uma parede. O Tribunal considerou que o arguido teve “requintes de malvadez” ao ligar à mãe da namorada a contar o que tinha feito e a culpá-la pelo (…)

Leia o artigo completo na próxima edição do Notícias de Vila Real, à venda aqui ou assine a edição impressa ou online aqui.

Deixe o seu Comentário

Comentário