Gulbenkian recebe vila-realenses no 7º Festival Jovens Músicos

777

A Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, com 10 concertos, foi o palco de mais uma edição do Festival Jovens Músicos, onde se apresentou a nova “leva” de talentos na 31ª edição do Prémio Jovens Músicos. Organizado anualmente, desde 1987, pela Rádio Televisão Portuguesa, através da Antena 2, e pelo Serviço de Música da Fundação Calouste Gulbenkian, o Prémio Jovens Músicos é um/o concurso nacional na área da música erudita, que distingue e promove os jovens intérpretes mais promissores.

Esta 31ª edição contou com 282 músicos concorrentes e com vencedores em oito categorias/instrumentos:, Música de câmara, Canto, Violino, Guitarra, Tuba e Trompa (nível superior), bem como Contrabaixo e Música de câmara (nível médio).

Apesar de não participar na competição deste ano, por não existir a concurso o instrumento das suas representantes, o Conservatório Regional de Música de Vila Real esteve representado no 7º Festival Jovens Músicos pelas gémeas violetistas Eva Melo e Lia Melo, pertencentes à Orquestra Sinfónica Ensemble, que sob a direção do maestro Cesário Costa, protagonizou, uma vez mais, um grandioso espetáculo.

Durante cerca de hora e meia de concerto, transmitido em direto na Antena 2, e vídeo online, via Rtp Play, de consagração do percussionista Agostinho Sequeira, que em 2016 venceu o Prémio Jovem Músico do Ano/Prémio Maestro Silva Pereira, as nossas representantes puderam experienciar, em primeira mão, o ambiente de mais uma grande sala de espetáculos e contactar com muitos músicos consagrados.

A participação de jovens vila-realenses neste tipo de eventos é demonstrativo do bom trabalho que o Conservatório Regional de Vila Real e os seus docentes, especialmente a professora Alice Neves, têm feito ao longo tempo.

Deixe o seu Comentário

Comentário