Estádio Municipal pronto para receber jogos da primeira liga

1033

 

O executivo municipal, composto pelo Presidente da Câmara, António Cabeleira, o Vice-Presidente, Castanheira Penas, e o Vereador João Neves, juntamente com o Presidente do Grupo Desportivo de Chaves (GDC), Bruno Carvalho, visitaram a fase final desta primeira intervenção de obras, bem como os vários espaços que foram renovados e beneficiados no Estádio Municipal, Eng. Manuel Branco Teixeira.

O autarca António Cabeleira fez um balanço positivo da intervenção e referiu que o investimento global da autarquia, nesta primeira fase de intervenção no Estádio Municipal, totaliza um valor de 993.748,00 euros. Um investimento necessário, na sequência da subida do Grupo Desportivo de Chaves à liga NOS, posição que não ocupava há já 17 anos.

A remodelação do Estádio Municipal constitui um esforço financeiro do Município flaviense, mas prioritário, uma vez que com o regresso do GDC à liga dos grandes clubes, a cidade de Chaves ganhará mais vida e movimento, conseguindo uma maior oportunidade de promover o seu território e os seus produtos, alcançando assim maior visibilidade e dinamismo a nível nacional.

Refira-se que esta primeira fase da empreitada incidiu na bancada nascente, procedendo-se à renovação integral dos balneários e execução de túnel de acesso dos jogadores ao estádio, construção de uma torre técnica com sala de videovigilância, sala de som e sala de transmissão televisiva, dois edifícios de apoio aos adeptos e dois pórticos destinados às câmaras de televisão para o fora de jogo.

Paralelamente, também foram intervencionadas as restantes bancadas, de modo a adequar o espaço às exigências da 1.ª liga de futebol. Na bancada poente procedeu-se à remodelação do camarote presidencial, para ampliar o espaço para 40 lugares, sendo ainda feitas intervenções pontuais em algumas coxias. Já na bancada sul foram vedados determinados espaços ao público por questões de segurança.

Quanto à bancada norte, que se encontrava interdita, sofreu obras de remodelação parcial, bem como o edifício de apoio existente, destinando-se exclusivamente para receber os adeptos da equipa visitante. Esta intervenção resulta de uma parceria entre o Município e o GDC, pelo que o Presidente da Câmara agradece também aos funcionários operacionais o esforço para que a remodelação da bancada esteja concluída. A restante parte da bancada norte também irá ser intervencionada, encontrando-se em fase de projeto, pelo que se prevê estar concluída a tempo do jogo com o Sport Lisboa e Benfica, em setembro.

Após as obras de remodelação e beneficiação, o Estádio Municipal, Eng. Manuel Branco Teixeira, ficará com capacidade para cerca de 9 mil lugares.

 

Deixe o seu Comentário

Comentário